Centros de Educação Infantil

Oferecendo educação gratuita a Mais de 800 crianças

Somos responsáveis por cinco unidades educacionais 100% gratuitas mantidas por recursos próprios e por meio de parcerias/convênios com órgãos públicos. Os Centro de Educação Infantil ficam em Guaratinguetá/SP e atendem 807 crianças.

Os serviços de educação desenvolvidos pela Obra Social Nossa Senhora da Glória – Fazenda da Esperança são atividades de inserção ou proteção regulamentadas pela Política Pública de Educação.

ensino gratuito

A Obra Social Nossa Senhora da Glória – Fazenda da Esperança está inserida na educação, atuando com cinco Centros de Educação Infantil, atendendo crianças na faixa etária de 1 ano e 3 meses a 5 anos e 11 meses. A entidade administra unidades educacionais 100% gratuitas mantidas por recursos próprios e por meio de parcerias/convênios com órgãos públicos.

Os serviços de educação desenvolvidos pela Entidade são atividades de inserção ou proteção regulamentadas pela Política Pública de Educação (Plano Nacional de Educação – PNE) e Lei de Diretrizes e Bases (Lei 9.394/96).

Em atendimento ao artigo 13 da Lei 12.101/09 e ao Decreto 8.242/14 para manutenção do Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social (CEBAS) a Entidade cumpre as diretrizes e metas do Plano Nacional de Educação vigente na forma do artigo 214 da Constituição Federal.

Em 15 de outubro de 2013 foi publicada a Lei 12.868/2013, que trouxe alterações à Lei 12.101/09, que dispõe sobre a certificação das entidades beneficentes de assistência social e regula os procedimentos de isenção de contribuições para a seguridade social. Mudança significativa ocorreu com a alteração do texto do artigo 12, e a inserção do artigo 13, a Lei Federal no 12.101/09, que estabeleceram como requisito mínimo para o cumprimento da gratuidade uma bolsa integral para cada cinco alunos pagantes (5 x 1), em substituição a concessão de gratuidades no mínimo de 20% da receita efetivamente recebida.

As Escolas

Nossa Senhora de lourdes

Francisco e Idalina Guimarães

São Francisco

São Manoel

São Pedro Apóstolo

Proposta de trabalho

Nossa proposta de trabalho sócioeducacional visa, sobretudo, a questão de um dos eixos estratégicos de combate à violação de direitos e prevenção ao risco social. Nosso empenho é formarmos Homens novos”, inovadores em relação à filosofia de vida, tendo como base a formação integral desde o início de sua infância.

O serviço de educação da entidade mantém controle individual dos prontuários, com documentação e informações prestadas pelos pais ou responsáveis dos alunos, respaldando a análise socioeconômica e a concessão das bolsas educacionais integrais cumprindo os requisitos legais.

A participação da comunidade é efetiva nas palestras e eventos organizados pela instituição, onde há a oportunidade de participar das atividades escolares através de eventos socioeducativos, como encontros, festas e comemorações promovidas pela instituição.

Além disso, vale ressaltar que nos Centros de Educação Infantil preparamos as crianças para o Ensino Fundamental.

Crianças beneficiadas

Atendemos diariamente 807 educandos na Modalidade Educação Básica/Educação Infantil, na faixa etária de 1 ano e 8 meses até 5 anos e 11 meses, por 9 horas, e na faixa etária de 1 ano e 3 meses até 5 anos e 11 meses, por 4 horas, compreendendo a primeira etapa da Educação Básica.

Este período tem como finalidade o desenvolvimento integral da criança em seus aspectos físico, psicológico, intelectual e social, complementando a ação da família e da comunidade.

O atendimento é 100% gratuito.

currículo paulista

As atividades desenvolvidas estão pautadas no Currículo Paulista, construído a partir da BNCC (Base Nacional Comum Curricular), documento normativo para as redes de ensino e instituições públicas e privadas, referência obrigatória para elaboração dos currículos escolares e propostas pedagógicas.

O Currículo Paulista para a Educação Infantil traz como premissas o educar e o cuidar, as interações e brincadeiras e a garantia dos direitos de aprendizagem e desenvolvimento das crianças: conviver, brincar, participar, explorar e conhecer-se, contempladas na BNCC.

Considerando a concepção de criança, que é compreendida como sujeito histórico de direito, que constrói sua identidade pessoal e coletiva que brinca, imagina, observa, narra, questiona, vivencia experiências diversas, na BNCC foram construído subgrupos, que potencializam as experiências das crianças marcadas por diferentes momentos da infância.

Assim para construir um currículo que potencialize as aprendizagens e desenvolvimento dos bebês, crianças bem pequenas e crianças pequenas, a BNCC propôs uma organização curricular para a Educação Infantil, por meio de cinco campos de experiências, nos quais são contextualizados os objetivos de aprendizagem e desenvolvimento. O Eu, o outro e o nós; Corpo, gestos e movimento; Traços, sons, cores e formas; Escuta, fala, pensamento e imaginação; Espaços, tempos, quantidades, relações e transformações.

Veja nosso trabalho pelas redes sociais

Seguindo nossas redes sociais você fica por dentro de todas as novidades, projetos e atividades da Fazenda da Esperança no Brasil e no mundo.

X